Conteúdo Latente


A eterna dicotomia entre o consciente e o inconsciente, quem vence?

Perguntas?

Ajudar
O ego não consegue distinguir entre uma situação e sua interpretação de uma reação a essa situação. Podemos dizer “Que dia horrível!” sem atentarmos para o fato de que o frio, o vento e a chuva ou qualquer elemento ao qual estejamos reagindo não são horríveis. Eles são como são. O que é horrível é nossa reação, a resistência subjetiva a eles e a emoção que é criada por essa resistência. …o ego sempre interpreta mal o sofrimento como um prazer porque, até determinado ponto, ele se fortalece por meio desse estado negativo(…) Quanto mais forte o ego, maior a probabilidade de vermos as pessoas como a principal fonte dos nossos problemas. Há também uma grande chance de que tornemos a vida difícil para os outros.(…) O medo e a desconfiança que o ego tem das pessoas, sua tendência a enfati zar a alteridade concentrando-se nas falhas e tornando-as a identidade do outro, ganham uma proporção maior e transformam todos em monstros desumanos. O ego precisa das pessoas, porém seu dilema é que, no fundo, ele as odeia e as teme. Na afirmação de Jean-Paul Sartre em “O inferno são os outros” é a voz do ego forte falando ” (Eckhart Tolle)

O ego não consegue distinguir entre uma situação e sua interpretação de uma reação a essa situação. Podemos dizer “Que dia horrível!” sem atentarmos para o fato de que o frio, o vento e a chuva ou qualquer elemento ao qual estejamos reagindo não são horríveis. Eles são como são. O que é horrível é nossa reação, a resistência subjetiva a eles e a emoção que é criada por essa resistência. …o ego sempre interpreta mal o sofrimento como um prazer porque, até determinado ponto, ele se fortalece por meio desse estado negativo(…) Quanto mais forte o ego, maior a probabilidade de vermos as pessoas como a principal fonte dos nossos problemas. Há também uma grande chance de que tornemos a vida difícil para os outros.(…) O medo e a desconfiança que o ego tem das pessoas, sua tendência a enfati zar a alteridade concentrando-se nas falhas e tornando-as a identidade do outro, ganham uma proporção maior e transformam todos em monstros desumanos. O ego precisa das pessoas, porém seu dilema é que, no fundo, ele as odeia e as teme. Na afirmação de Jean-Paul Sartre em “O inferno são os outros” é a voz do ego forte falando ” (Eckhart Tolle)

Perguntas

De onde viemos? Para onde vamos? Qual o sentido da vida? Qual o por quê da morte? Por que existem doenças, guerras, fome, miséria, seca, enchente, catástrofes naturais, etc?

São tantos questionamentos!

Mas são eles que tornam a vida interessante, sem eles nunca nos aventuraríamos no desconhecido para buscar entendê-lo. Sem perguntas a vida pára. Já há cientistas supondo que as próximas gerações terão um QI menor que o nosso e com tendencia a decair a cada geração, tudo porque a ciência vem resolvendo diversas perguntas e tornando a vida mais fácil para os seres terrestres denominados Hommo Sapiens Sapiens. O acesso à informação e a inercia da mente fazem com que paremos de pensar e explorar, pois tudo já está ali.

Daí a importância de viver, de buscar, de ser curioso, de explorar.

Será que ficaremos menos inteligentes? Não sei, mas acho que se isso acontecer surgirão pessoas que não conformadas com o que têm buscarão novas perguntas e assim a busca pelo conhecimento será alimentada novamente.

Gosto de pensar no poeta quando diz que há mais mistérios entre o céu e a Terra que não supõe nossa vã filosofia. 

Será que um dia os seres intergalácticos poderão conviver pacificamente conosco? Será que nosso planeta suportará nossos mal tratos até lá? Será que estou no “mundo da lua”?

Nada mais prazeroso que se perder nas divagações do pensamento.

Com esse jogo tem que ter muita calma, conseguir identificar os padrões e ter uma boa visão. o.O

O mestre do Snake

Se hoje fosse se último dia?

staff:


It’s Tumblr Tuesday! Enjoy these fresh Tumblr blogs.
Sonya Yu Photography Professional photographer from San Francisco. (Above: Trotter the French Bulldog)
Graeme Borland: Sketch Of The Day A 3D artist and game developer presents one speed paint, sketch, or idea every day.
Urban Garden Allotment The story of a community garden just outside London. Keep calm, dig strong, and grow on.
PING An animator born and raised in Hong Kong, currently studying animation at the Royal College of Art.
Sad Desk Lunch 62% of American office workers usually eat their lunch in the same spot they work all day. These are their stories.

staff:

It’s Tumblr Tuesday! Enjoy these fresh Tumblr blogs.

Sonya Yu Photography
Professional photographer from San Francisco. (Above: Trotter the French Bulldog)

Graeme Borland: Sketch Of The Day
A 3D artist and game developer presents one speed paint, sketch, or idea every day.

Urban Garden Allotment
The story of a community garden just outside London. Keep calm, dig strong, and grow on.

PING
An animator born and raised in Hong Kong, currently studying animation at the Royal College of Art.

Sad Desk Lunch
62% of American office workers usually eat their lunch in the same spot they work all day. These are their stories.